Em foco

Internet pesa cada vez mais na escolha do pacote de telecomunicações para os portugueses

O acesso à grande rede tornou-se mais relevante do que a televisão na escolha dos serviços de telecomunicações. A adição de tarifários móveis também está a crescer. Já o auscultador do telefone fixo levanta-se cada vez menos.

Data: 06.11.2018

Internet pesa cada vez mais na escolha do pacote de telecomunicações para os portugueses

A internet parece ser hoje o serviço mais importante para quem contrata telecomunicações em pacote em Portugal. Num estudo realizado através da plataforma ComparaJá.pt, 27% dos inquiridos consideraram esta componente como “Muito Importante”, enquanto 33% a classificaram como “Importante”.


tek Quadro Compara net

Pese embora o telefone fixo esteja incluído na grande maioria dos pacotes contratualizados, regra geral com um elevado número de minutos gratuitos incluídos no plafond para chamadas nacionais e internacionais, mais de metade dos portugueses admite não levantar o auscultador para fazer ou atender chamadas.


Estes resultados estão em linha com as conclusões obtidas pelo ComparaJá.pt em 2017, segundo os responsáveis da plataforma. Quem usa telefone fixo fá-lo normalmente para realizar chamadas nacionais (34%), sendo que apenas 11 em cada 100 consumidores utiliza o telefone fixo para comunicações internacionais.


Olhando à utilização por distrito, é possível perceber que é em Faro (58,8%) e em Bragança (57,7%) que os consumidores menos fazem uso do telefone fixo. No extremo oposto está Portalegre, com 81,3% dos utilizadores a afirmarem utilizar o serviço para chamadas nacionais.


Embora esteja a perder importância a favor da internet, a televisão continua a ser valorizada, com 42% dos inquiridos a classificarem o serviço como “Importante” e 11% como “Muito Importante”.


São os madeirenses quem menos importância dá à TV (29% considera “Irrelevante”). Os portalegrenses voltam a diferenciar-se com apenas 8% a considerar o serviço “Irrelevante” e 83% a considerar “Importante”.


A funcionalidade de TV mais valorizada pelos portugueses é a possibilidade de “Gravar e Retroceder na Emissão”, com 77% a afirmar valorizar esta característica do seu serviço de telecomunicações.



Entre os utilizadores que optaram por um pacote com telemóvel associado, portanto serviços 4P ou 5P, a maioria (45%) associou dois cartões ao seu pacote de telecomunicações. Apenas 28% associaram apenas um cartão.


“Cada vez mais as famílias procuram associar os seus tarifários móveis ao pacote de telecomunicações. Sendo uma prática que, na maior parte das vezes, gera poupanças de várias dezenas de euros ao final do ano, adicionalmente ainda permite aceder a serviços com um plafond de dados e de chamadas mais completo do que a generalidade dos tarifários não associados a um pacote de serviços”, sublinha José Figueiredo, diretor geral do ComparaJá.pt.


Prémios para os pacotes de telecomunicações mais competitivos


Tendo por base as preferências dos utilizadores do seu simulador gratuito para os serviços de telecomunicações, o ComparaJá.pt distinguiu recentemente as ofertas mais competitivas do mercado em seis categorias.


A MEO foi a operadora em destaque na edição de 2018 dos “Prémios de Telecomunicações” ao arrecadar quatro dos galardões atribuídos pela plaraforma: “Pacote 3P mais competitivo”, “Pacote 5P mais competitivo”, “Melhor pacote para fãs de Desporto” e “Melhor pacote para Crianças”.


A NOWO levou a melhor na categoria de “Pacote 4P mais competitivo” e a NOS venceu na categoria de “Melhor Pacote para fãs de Filmes e Séries”.


Fonte: Sapo Tek




Voltar