Em foco

Rússia apresentada como “fast follower” do 5G

Um estudo da GSMA destaca o potencial da Rússia na rápida implementação e adoção da quinta geração de comunicações móveis.

Data: 31.10.2018

Rússia apresentada como “fast follower” do 5G

Em 2025, 80% do território russo estará coberto por redes 5G. Na mesma altura a tecnologia será responsável por suportar uma em cada cinco comunicações móveis no país, prevê a GSMA Intelligence.


Os resultados do estudo The Mobile Economy: Russia and CIS 2018 indicam que, passados cinco anos do lançamento comercial do 5G, previsto para 2020, haverá 48 milhões de ligações a usarem a nova tecnologia de rede.


Os dados do relatório, conduzido em colaboração com a LTE Union, também apontam para que a Rússia venha a liderar o rollout do 5G na região. Bielorrússia, Azerbaijão, e Uzbequistão são os outros países da Commonwealth of Independent States (CIS) onde se esperam fortes progressos no período até 2025.


A disponibilização do 5G está a ser preparada em todo o mundo, tanto por operadoras de telecomunicações como por fabricantes de dispositivos. Em Portugal, há intenções e alguns planos no terreno. Ainda recentemente circulou pelas ruas de Aveiro um minibus autónomo com ligações de quinta geração móvel.


Fonte: Sapo Tek



Voltar