Em foco

Twitter liberta milhões de dados relacionados com campanhas de desinformação

A rede social Twitter divulgou hoje os dados de milhões de mensagens ('tweets') que foram publicadas em diversas contas suspeitas de envolvimento em campanhas de desinformação e de manipulação na Internet, nomeadamente geridas por organizações russas e iranianas.

Data: 19.10.2018

Twitter liberta milhões de dados relacionados com campanhas de desinformação

O Twitter explicou que decidiu libertar estes dados para facilitar o trabalho dos investigadores que tentam perceber o modo operacional destes ‘trolls’, a designação como são conhecidas organizações que promovem polémicas e ações de desinformação (‘fake news’) nas redes sociais.


Estas organizações são suspeitas de disseminar notícias falsas para influenciar processos eleitorais, como foi o caso das últimas eleições presidenciais nos Estados Unidos em 2016.


“Colocamos estes dados disponíveis com o objetivo de incentivar a pesquisa e as investigações sobre estes comportamentos por investigadores e professores de todo o mundo”, explicaram Vijaya Gadde e Yoel Roth, da área de segurança da rede social Twitter, citados pelas agências internacionais.


O Twitter precisou que encerrou várias centenas de contas manipuladas por organizações oriundas da Rússia ou do Irão, destacando que os dados hoje libertados estavam relacionados com 3.841 contas controladas a partir do território russo e outras 770 contas geridas a partir do território iraniano.


No total, estas contas geraram mais de 10 milhões de ‘tweets’ e mais de dois milhões de fotografias e vídeos desde 2009.


Fonte: Sapo24



Voltar