Em foco

Google 'responde' a multa recorde e cria taxa para as suas apps

O Android continuará a ser aberta. Fabricantes de smartphones que optem pelo sistema operativo terão mais opção de escolha a respeito das apps que vêm pré-instaladas.

Data: 19.10.2018

Google 'responde' a multa recorde e cria taxa para as suas apps

A Google anunciou que as fabricantes que optem por ter o Android como sistema operativo dos seus smartphones terão de pagar uma taxa de licenciamento, isto caso queiram ter as apps da empresa pré-instaladas.


Esta é a resposta da Google à uma multa de cinco mil milhões de dólares (4.3 mil milhões de euros) aplicada pela União Europeia, alegadamente por violar regras de concorrência. "A Google usou o Android como veículo para cimentar a dominância do seu motor de busca. Estas práticas negaram aos rivais a oportunidade de inovar e competir nos seus méritos", afirmou na altura a comissária da Concorrência da UE, Margrethe Vestager.


A decisão de criar uma taxa de licenciamento foi anunciada numa publicação de blogue da autoria do vice-presidente sénior de plataformas e ecossistemas da Google, Hiroshi Lockeheimer. A ideia é dar às fabricantes de smartphones mais liberdade de escolha no que diz respeito à seleção de aplicações que serão pré-instaladas. Mais importante, o sistema Android continuará a ser aberto, pelo que as fabricantes terão liberdade para fazerem as mudanças que pretenderem.


Fonte: Notícias ao Minuto



Voltar