Em foco

Apple investe 520 milhões no fabricante europeu de microprocessadores Dialog

A Apple vai investir 600 milhões de dólares (520 milhões de euros) na compra de ativos e licenças do fabricante de microprocessadores anglo alemão Dialog Semiconductor, anunciou esta quinta-feira o gigante tecnológico norte-americano.

Data: 12.10.2018

Apple investe 520 milhões no fabricante europeu de microprocessadores Dialog

O investimento contempla duas fases, segundo a agência de informação financeira Bloomberg, uma inicial de 300 milhões de dólares, relacionada com a compra de ativos e licenças, e uma segunda fase de igual montante, que tem a ver com o pagamento adiantado dos produtos do fabricante de microprocessadores Dialog Semiconductor, que vão ser adquiridos pela Aplle nos próximos três anos.


O microprocessador, geralmente chamado de processador, é um circuito integrado que realiza as funções de cálculo e tomada de decisão de um computador.


Além disso, o acordo estabelecido entre as duas empresas estará integralmente concluído no primeiro semestre de 2019, prevendo-se que mais de 300 colaboradores da Dialog, incluindo engenheiros, sejam transferidos para a Apple.


Com este acordo, o gigante tecnológico vai passar a controlar os centros de produção da Dialog em Livorno (Itália), Swindon (Reino Unido), bem como de Nabern e Neuaubing, ambos localizados na Alemanha.


Entretanto, a Dialog Semiconductor adjudicou diversos novos contratos à Apple, cujo impacto nas receitas será visível a partir de 2019, acelerando-se em 2020 e 2021.


“Esta transação reafirma a nossa colaboração com a Aplle a longo prazo e demonstra o valor sólido do negócio e das tecnologias que temos desenvolvido na Dialog”, disse o presidente-executivo da empresa, Jalal Bagherli.


Esta operação, prosseguiu, realiza-se no interesse dos acionistas e dos trabalhadores, que vão assim beneficiar de “uma flexibilidade adicional para investirem em iniciativas estratégicas de crescimento”.


As ações da Dialog seguiam hoje de manhã a valorizar-se 34% na bolsa de Frankfurt, o maior ganho registado desde junho de 2000.


Fonte: Sapo24



Voltar