Em foco

E-commerce: Reino Unido é um dos principais alvos para Portugal e o Brexit “não pode interferir”

O Portugal Digital Summit’18, promovido pela ACEPI e agendado para os dias 23 e 24 de outubro, terá o Reino Unido como país convidado.

Data: 12.10.2018

E-commerce: Reino Unido é um dos principais alvos para Portugal e o Brexit “não pode interferir”

A Portugal Digital Week, evento anual promovido pela ACEPI – Associação da Economia Digital, desde 2003, com o objetivo de promover, educar, medir, orientar e proteger o comércio eletrónico e a publicidade interativa e de generalizar a economia digital em Portugal, vai ter lugar de 22 a 26 de outubro com um alargado leque de eventos.


Do variado programa do evento destaca-se a Portugal Digital Summit’18, que decorrerá a 23 e 24, tendo o Reino Unido como país convidado. Com o apoio  do ministério da Economia, da Embaixada Britânica e do seu Departament for International Trade, a organização reunirá, num amplo espaço de debate em torno das temáticas da economia e da sociedade digital, os principais Keynotes, os responsáveis das empresas, as organizações e autoridades nacionais e internacionais.


Apontado como um país de “grande potencial e margem de crescimento” para as empresas portuguesas que apostem no comércio eletrónico além fronteiras, é também um dos mais antigos e históricos parceiros comerciais de Portugal, razão pela qual, entende Alexandre Nilo da Fonseca, presidente da ACEPI, deverá existir uma estratégia específica que assegure a continuidade desta relação comercial histórica.


Atendendo a esta relevância, e a dias de se conhecer uma nova fase no designado Brexit (processo de saída do Reino Unido da União Europeia) o Parlamento Europeu, o responsável admite o clima de incerteza mas afirma, ao Jornal Económico, que “independentemente do desfecho do Brexit, as relações comerciais entre os dois países vão continuar e devem ser exploradas e trabalhadas”. Relembrando que o Reino Unido ocupa hoje o quarto lugar no ranking das exportações portuguesas, numa altura em que se assume como um dos países mais digitais da Europa e do mundo (um dos maiores mercados online) considera que “quer seja numa perspetiva mais otimista ou mais receosa, o Brexit não impedirá que Portugal continue a fazer comércio com o Reino Unido, tendo ainda muito espaço para manter, e deve manter, uma relação forte com o Reino Unido do ponto de vista económico”.  


O Reino Unido voltará ainda a estar em destaque na Portugal Digital Week, na iniciativa “UK-Portugal eCommerce Roundtable”, agendada para o dia 25 de outubro. Esta mesa redonda de alto nível, que será presidida pelo secretário de Estado Adjunto e do Comércio, incluirá participantes de organizações governamentais, associações empresariais, de retalhistas, empresas exportadoras, especialistas legais e fiscais, especialistas em formação e educação e empresas que prestam serviços de comércio eletrónico, incluindo Logística, Pagamentos, Plataformas entre outros.


Fonte:Jornal Económico



Voltar