Em foco

Vision-Box: tecnológica portuguesa presente em 80 aeroportos fecha contrato com Bangalore

Com a implementação desta tecnologia, o aeroporto de Bangalore será o primeiro na Índia a oferecer aos seus passageiros uma solução 'paperless'.

Data: 07.09.2018

Vision-Box: tecnológica portuguesa presente em 80 aeroportos fecha contrato com Bangalore



A tecnológica portuguesa Vision-Box e a entidade que opera o Aeroporto Internacional de Kempegowda, Bengaluru no Sul da Índia – BIAL -, assinaram um contrato para a implementação de tecnologia de gestão de passageiros baseada em biometria em todo o aeroporto.


“A face é o cartão de embarque,” explicou o CEO da BIAL Hari Marar, descrevendo a tecnologia. “O Aeroporto de Bangalore continuará a liderar a transformação da aviação na Índia através da utilização de novas tecnologias. Queremos oferecer experiências positivas a todos os passageiros que viajam através do Aeroporto de Bangalore. A tecnologia de ponta da Vision-Box, combinada com a sua plataforma de gestão de fluxos, permitirá aos nossos passageiros uma viagem harmoniosa, sem obstáculos, filas de espera ou complicações, desde o seu registo até ao seu embarque.” acrescentou.


O objetivo é preparar o aeroporto para o futuro, transformando a sua experiência de utilização. O programa visa simplificar a jornada do passageiro utilizando reconhecimento facial desde o seu registo até ao seu embarque. O passageiro é identificado pela sua face enquanto se desloca ao longo do aeroporto, sem necessitar de apresentar repetidamente o seu cartão de embarque, passaporte ou qualquer outro documento de identificação.



Para o CEO da Vision-Box, Miguel Leitmann, “este projeto significa não só um melhoramento sem precedentes da experiência daqueles que viajam através de Bangalore, mas também a concretização de uma viagem completamente digital e sem obstáculos ao longo do aeroporto. Esta será a primeira implementação de uma viagem integralmente baseada em reconhecimento facial na Ásia, e a maior do mundo. É também um grande passo em direção à concretização da visão do Governo Indiano para uma Digital India. Bengalore destaca-se agora como a porta de entrada para a Índia moderna.”


O contrato foi assinado ontem no Palácio Foz, em Lisboa, Portugal, entre Hari Marar e o CEO da Vision-Box Miguel Leitmann. Também presentes na cerimónia estiveram o Primeiro Ministro António Costa, o Ministro da Economia Manuel Caldeira Cabral, a Embaixadora da Índia em Portugal Nandini Singla, o Secretário de Estado da Internacionalização Eurico Brilhante Dias, entre outros representantes de entidades governamentais.


A Vision-Box é líder de mercado em soluções de gestão de identidade eletrónicas, controlo automatizado de fronteiras e experiência do passageiro.
Em parceria com governos, aeroportos e companhias aéreas, desenvolve e implementa soluções que promovem a melhoria da qualidade, conveniência, eficiência e segurança dos serviços que estes prestam a cidadãos e viajantes. Centradas  no passageiros, as suas soluções têm como objetivo remover obstáculos, agilizar processos e harmonizar experiências. A empresa combina tecnologia de ponta, que inclui biometria, Internet of Things, inteligência artificial, entre outras.


As soluções estão presentes em mais de 150 países nos cinco continentes, que incluem 5000 unidades de gestão de identidade em todo o mundo. A Vision-Box tem implementados projetos de sucesso em mais de 80 aeroportos internacionais e as soluções processam cerca de 700 milhões de passageiros por ano.


A empresa tem cerca de 400 trabalhadores. Tem escritórios no Reino Unido, Países Baixos, Estados Unidos, Brasil, Emirados Árabes Unidos, Austrália, Hong Kong e Índia (inaugurado recentemente).


Fonte: Jornal Económico






Voltar