Em foco

Google investiga carga roubada de smartphones

As unidades do Pixel 2 XL estão a ser vendidas no mercado negro ucraniano por dois mil dólares cada uma.

Data: 24.08.2018

Google investiga carga roubada de smartphones

Com uma carga de unidades do Pixel 3 XL a ter sido roubada começaram a ser publicados na internet os mais variados detalhes, imagens do smartphone e até amostras de fotografias da câmara. Com a surpresa do seu novo topo de gama praticamente estragada, a Google e a fábrica da Foxconn começaram a investigar o roubo.


Como conta o 9to5google, a carga de Pixel 3 XL estará agora à venda no mercado negro ucraniano, com cada unidade a ser vendida por dois mil dólares por via de PayPal ou Bitcoin. Ainda não é sabido como é que o responsável terá conseguido deitar as mãos a esta carga ou sequer quantas unidades já foram vendidas.


Uma coisa é certa, enquanto a Google continua a investigar decerto que continuarão a chegar à internet cada vez mais detalhes do seu novo topo de gama nos próximos dias. Já o anúncio oficial continua previsto para outubro.


Fonte: Notícias ao Minuto



Voltar