Em foco

O que um bootcamp de tecnologia pode fazer pela sua carreira

Bootcamps são cursos de curta duração e oferecem extensas oportunidades de rede, além de experiência prática

Data: 06.08.2018

O que um bootcamp de tecnologia pode fazer pela sua carreira

Bootcamps surgiram como uma maneira popular de ganhar rapidamente as habilidades de mercado que as organizações estão procurando. E a contínua escassez de talentos em TI em certas disciplinas levou a um aumento nos bootcamps destinados a habilidades como codificação e Ciência de Dados. Mas quão bem eles preparam você para o emprego? Os graduados em bootcamp são considerados candidatos viáveis ​​para preencher as principais funções de TI?


De acordo com os dados do Indeed, 72% dos empregadores acreditam que os graduandos de bootcamp estão “tão preparados” para ter alto desempenho quanto os titulares de diplomas, enquanto 12% acham que estão “mais preparados e mais propensos a ter alto desempenho”. Além disso, 80% dos entrevistados contrataram um graduado em bootcamp e 99,8% disseram que contratarão alguém com experiência em bootcamp novamente. Desde 2010, o número de candidatos a emprego com experiência em bootcamp dobrou ano a ano no site.


Se você está pensando em se matricular em um, ou em matricular algum membro da equipe, aqui está o que você precisa saber sobre o processo - e como transformar sua experiência em uma carreira viável.


Empregados e empregadores podem economizar tempo e dinheiro


Bootcamps são tipicamente curtos, durando de uma semana a alguns meses, dependendo da estrutura do curso. Isso os torna não somente acessíveis quando comparados aos programas de graduação, mas também mais fáceis de encaixar em agendas lotadas.


“O custo parecia alto, mas a participação em um bootcamp parecia muito mais razoável do que voltar para uma universidade para um mestrado ou outro diploma de bacharel. Além disso, saber que eu só estaria longe de um trabalho remunerado por quatro meses, em vez de quatro anos, me deixava mais confortável”, diz Taylor Cox, gerente de produto que fez a transição de uma posição de design.


Cox era bacharel em produção de mídia digital e conseguiu um emprego como designer de uma agência de RP depois da faculdade. Mas depois de uma semana na empresa, um desenvolvedor foi dispensado e Cox conseguiu assumir as responsabilidades do ex-funcionário graças ao seu histórico autodidata em HTML e CSS. Mas depois de ter sido encarregada de criar um site de comércio eletrônico no WordPress, ela logo percebeu que tinha algumas lacunas de conhecimento e, após algumas considerações, decidiu experimentar um curso gratuito no The Iron Yard, que agora é conhecido como Suncoast Academy. A sessão livre despertou seu interesse e ela descobriu que o processo de bootcamp atendia às suas necessidades - especialmente considerando que ela tinha acabado de se formar com um diploma de quatro anos.


Nem todo mundo tem orçamento ou tempo para voltar para um curso de quatro anos e algumas empresas não têm quatro anos para esperar que um candidato se gradue com as habilidades certas. Bootcamps oferecem uma alternativa para trabalhadores e empresas - um funcionário pode mudar sua carreira através de um bootcamp e as organizações podem enviar funcionários para obter trabalhadores qualificados até a velocidade em novas habilidades. 


Os bootcamps permitem mudanças de última hora


Bootcamps não são estruturados como programas de graduação tradicionais, portanto, o quanto você ganha de um depende do seu empenho. Os treinamentos em questão permitem que você faça contato com profissionais no campo desejado, ao mesmo tempo que conclui projetos práticos que você pode adicionar ao seu portfólio.


“Os trabalhos de casa e os projetos que muitas vezes são necessários podem ser ótimos impulsionadores de currículos e são uma ótima maneira de começar um portfólio, por isso certifique-se de gastar tempo fazendo o seu projeto corretamente e com cuidado e cuidado”, diz Shelby Stewart. “Você pode aprender muito com esses programas, porque eles fornecem uma grande rede, habilidades e estruturas de pensamento, mas você realmente precisa praticar e investir no programa.”


Stewart trabalhou em estreita colaboração com os gerentes de produto em suas funções de estratégia de marketing e conteúdo, e ela cresceu para achar a posição interessante. Com formação em psicologia, ela sabia que teria que expandir sua formação educacional para conseguir um papel na gestão de produtos. Para isso, optou por um bootcamp.


Os Bootcamps oferecem extensas oportunidades de rede e de experiência prática que serão aplicadas a situações do mundo real. Mas ao contrário de um programa de graduação, você não terá a mesma estrutura ou supervisão de um programa de graduação ou pós-graduação. Sua educação dependerá de seu próprio envolvimento, esforços e dedicação.  


“Acredito muito na minha capacidade de adquirir essas novas tecnologias e conceitos para ser uma graduada em bootcamp. Nós não aprendemos apenas a codificar. Aprendemos a pensar como programadores e a dissecar problemas em peças individuais facilmente resolvíveis ”, diz Cox.


Fonte: IDGNow!



Voltar