Em foco

Congresso Latinoamericano de Satélites

Congresso Latinoamericano de Satélites terá presença de Telebras e Viasat

Data: 03.08.2018

Congresso Latinoamericano de Satélites

Telebras e Viasat participam pela primeira vez juntas de um evento setorial. As empresas confirmaram presença no Congresso Latinoamericano de Satélites, que acontece dias 14 e 15 de agosto no Rio de Janeiro. O evento, organizado pela Glasberg Comunicações com apoio da TELETIME, é há 17 edições o principal ponto de encontro da indústria satelital. A chegada da Viasat ao mercado Brasileiro, por meio de uma parceria com a Viasat, está sendo duramente questionada pelas empresas de telecomunicações e demais operadoras de satélite. A Telebras falará sobre o futuro do SGDC, representada pelo seu presidente Jarbas Valente. Na mesma palestra, Lisa Scalpone, responsável pela operação brasileira da Viasat, falará sobre os planos da empresa para o país. Kevin Cohen, gerente geral das operações de banda larga comunitária para a América Latina, também participa do encontro.


O evento reúne tradicionalmente as principais lideranças brasileiras do mercado de satélites. Entre alguns dos nomes confirmados estão Márcio Tiago, diretor geral da Yahsat; Lincoln Oliveira, vice-presidente, Embratel Star One; Márcio Brasil, diretor de vendas, Intelsat; Rafael Guimarães, presidente da Hughes do Brasil; Sérgio Chaves, diretor de negócios para América do Sul da Hispamar; Gustavo Silbert, presidente, Embratel Star One; Rodrigo Campos, diretor geral da Eutelsat; Mauro Wajnberg, diretor geral da Telesat; Jurandir Pitsch, VP de desenvolvimento de mercados da SES; e Clóvis Baptista, presidente da Hispamar. O evento terá ainda a presença do presidente da Anatel, Juarez Quadros, e do superintendente de espectro e órbita da agência, Vitor Menezes. O Vice-Presidente Executivo da Comissão de Coordenação de Implantação de Sistema Espaciais (CCISE), Brigadeiro-do-Ar José Vagner Vital, também participa do congresso,


Entre os temas em debate, além do SGDC, estão novos modelos de negócio para o segmento satelital, as oportunidades em diferentes verticais de negócio, o mercado de nanosatélites (com participação do presidente da Visiona, João Paulo Campos), o impacto do satélite nos mercados de IoT e 5G, o futuro do vídeo via satélite entre outros assuntos.


Fonte: Teletime



Voltar