Em foco

iOS 12 ganha novos recursos para combater vício em smartphones

Nova versão do sistema móvel da Apple também permitirá que pais controlem o uso do aparelho pelos filhos

Data: 05.06.2018

iOS 12 ganha novos recursos para combater vício em smartphones

O recurso Do Not Disturb (Não Perturbe) do iOS já permite que você evite que as notificações e alertas fiquem te interrompendo quando você está em uma reunião ou no cinema, por exemplo. Mas a Apple está ampliando a funcionalidade de várias maneiras com o iOS 12. 


A iniciativa começa pelo fim do seu dia: a hora de dormir. A empresa revelou nesta segunda, 4/6, durante a WWDC 2018, um novo modo para o Do Not Disturb desenvolvido especificamente para a sua cabeceira, que mantém a tela desligada até a manhã seguinte. Habilite o recurso e nada chegará até você acordar.


A Apple também está oferecendo um maior controle sobre o Do Not Disturb com controles embutidos diretamente na Central de Controle (Control Center). Toque no ícone e você receberá novas opções para configurar um horário específico de fim do Do Not Disturb, e com a consciência de localização, também será possível dizer para o recurso ser desabilitado quando você deixar um local especifico, como quando estiver em um parque com os seus filhos ou almoçando com um amigo. 


Notificações


As notificações provavelmente são a parte mais irritante do iOS. E a frequência delas nem é o maior dos problemas, mas a organização. Com o iOS 12, a Apple está mudando a maneira como recebemos notificações, e isso poderá ter um grande impacto no tempo necessário para navegar por elas.


Em primeiro lugar e mais importante de tudo: a Apple irá agrupar as notificações no iOS 12 para que você não precise ficar acessando dezenas de notificações do Mail ou do Twitter ao longo do dia. Os alertas serão agrupados por apps, tópicos e conversas, e você poderá limpar ou fazer uma triagem de todas com apenas um toque na tela. 


Além disso, a Apple também adicionará novas configurações para notificações que te permitirão manter um dedo pressionado sobre um alerta para receber novas ações, como desabilitar futuras notificações daquele app ou habilitar o modo silencioso. E a Siri também entra nessa, ao oferecer sugestões para que você desabilite notificações de apps que não usa com frequência.


Tempo de tela


Apesar de as melhorias com as notificações e o Do Not Disturb serem legais, as principais mudanças anunciadas pela Apple no sentido de diminuir o vício em smartphones são com o Screen Time. Assim como o novo Dashboard do Android P, o novo aplicativo da Apple fornece uma série de relatórios diários que te permitem ficar a par sobre quanto tempo você está passando com os seus apps favoritos e quantas notificações recebeu, para que possa então tentar diminuir o uso do aparelho. 


Para ajudar os usuários neste sentido, a Apple também adicionando um novo recurso que te permitirá configurar limites sobre quanto tempo você pode usar um aplicativo. Quando você diz ao Screen Time quanto tempo quer passar no Instagram, por exemplo, um alerta na tela te mostrará quando esse período estiver chegando ao fim e mensagens que ocupam a tela toda bloquearão o acesso quando você tentar abrir um app que tiver alcançado o limite em questão.  


E como as suas configurações ficam sincronizadas entre todos os seus aparelhos, não será possível “trapacear” ao mudar do iPhone para o iPad ou vice-versa.  


Crianças


Enquanto limitar o nosso tempo de tela já é importante para a nossa saúde mental, a prática é ainda mais importante para as crianças. Apesar de a Amazon e o Google já oferecerem apps que permitem aos pais configurarem restrições sobre quanto tempo os seus filhos podem usar os aparelhos, a Apple não tinha implementado nenhum tipo de controle parental do tipo no iOS 11, o que fez com que a empresa de Cupertino fosse criticada. 


Isso vai mudar de vez com o iOS 12. Com o app Screen Time, a Apple está oferecendo aos pais uma nova interface para controlar o que os seus filhos podem ver e por quanto tempo. Por meio do gerenciamento remoto, será possível criar “permissões” para crianças usando aparelhos diferentes, configurando limites com base no uso e hora do dia.


Fonte. IDGNow!



Voltar