Em foco

Conferência sobre tecnologia blockchain decorre no Uganda

Peritos, legisladores e académicos de todo mundo reúnem-se a partir desta quarta-feira, no Uganda, para analisar o papel da tecnologia blockchain na transformação de África

Data: 24.05.2018

Conferência sobre tecnologia blockchain decorre no Uganda


Ao proceder a abertura do encontro de dois dias, a África blockchain Conference, o presidente Yoweri Museveni, disse ser necessário estudar mais a tecnologia para ver como se pode reduzir os riscos que apresenta e melhorar os benefícios.


Por seu turno, o governador do Banco central do Uganda, Tumusiime Mutebil, explicou que blockchain é visto como uma técnica revolucionária com o potencial de mudar a forma como se manejam os dados, assim como também fazer negócios.


Apesar disso, o bancário mostrou-se prudente sobre o uso da criptomoeda e alertou aos clientes a ter cuidado com os riscos.


As criptomoedas e a tecnologia que a suporta, que é blockchain, são duas coisas distintas. Nosso enfoque actual é a tecnologia blockchain, não a criptomoeda, assinalou.


Segundo os organizadores da conferência, a reunião não tem como objectivo gerar um debate sobre como se pode adoptar a tecnologia blockchain e seu impacto.


Os temas em discussão incluem governabilidade, regulação e política, criptomoedas e activos digitais, segurança cibernética, inovação e tecnologia, e oportunidades de risco e inversão, entre outros.


Esta tecnologia é uma espécie de livro digital de trasações económicas que se pode programar para registar não transações financeiras, senão virtualmente tudo que tem valor.


A blockchain (também conhecida como "o protocolo da confiança) é uma tecnologia que visa a descentralização como medida de segurança.


São bases de registos e dados distribuidos e compartilhados que têm a função de criar um índice global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado.


Fonte: ANGOP




Voltar