Em foco

Google espera capacitar 20 mil profissionais brasileiros em programa gratuito

Companhia anunciou ampliação do 'Cresça com o Google' que visa ensinar habilidades digitais para profissionais; No Brasil, meta inicial é atender três capitais

Data: 13.04.2018

Google espera capacitar 20 mil profissionais brasileiros em programa gratuito

O Google anunciou a ampliação da campanha Cresça com o Google, iniciativa gratuita para capacitar pessoas e empresas com habilidades digitais. Em um piloto no último ano, foram treinadas mais de 5 mil pessoas em Salvador (BA) e Recife (PE). Com a expansão, espera-se treinar presencialmente 20 mil pessoas de abril a julho em três diferentes capitais do país. A primeira edição da nova etapa do projeto será em Teresina (PI), nos dias 25 e 26 de abril.


O programa, que nasceu do histórico da empresa em criação de produtos e serviços conectando pessoas e empresas em momentos importantes e possibilitando crescimento e sucesso on-line, tem como objetivo ajudar profissionais e estudantes em todo o Brasil a acessarem o melhor conteúdo e ferramentas do Google para aprimorarem suas habilidades, carreiras e negócios. O treinamento é composto por três áreas de conhecimento:


Treinamento de Marketing Digital


Em um mundo digital, o mercado de trabalho muda muito rápido. Para sobreviver você precisa se manter atualizado. Aprenda sobre conceitos básicos de marketing digital incluindo temas como estratégia, websites, links patrocinados, mídias sociais, ferramentas e soluções digitais do Google.


Womenwill – Capacitação para mulheres


Capacitação para o desenvolvimento pessoal e profissional das mulheres, com temas como liderança feminina, técnicas de negociação, finanças pessoais, ferramentas e soluções digitais do Google.


Formação digital para professores


Curso para professores e educadores sobre segurança on-line e cidadania digital, com sugestões de atividades para aplicação dos conceitos em salas de aula. E aprenda também a usar o YouTube EDU como suporte didático para seus alunos e receba dicas para utilizar o YouTube para produzir seu próprio conteúdo.


Fonte: IDGNow!



Voltar