Em foco

Brasil quer audiências com candidatos à direção da UIT

As eleições para o Secretário-Geral da UIT e outros quatro cargos serão realizadas em outubro.

Data: 12.04.2018

Brasil quer audiências com candidatos à direção da UIT

Começou hoje, 12 de abril, a reunião do Conselho da UIT (União Internacional das Telecomunicações), uma das instâncias para a Conferência de Plenipotenciários, marcada para 29 de outubro, quando se aprovam as questões estratégicas, financeiras e são eleitos os novos dirigentes da entidade para mandato de quatro anos.


O Brasil vai defender na reunião do Conselho a necessidade de audiências prévias, pelo menos seis meses antes das eleições, com os candidatos aos cinco cargos de direção da instituição. Para a representação brasileira, liderada pela Anatel, as audiências com os candidatos irão conferir mais transparência e legitimidade ao processo eleitoral.


Conforme a proposta brasileira, devem participar das audiências – onde terão que defender suas ideias e posições – tanto os candidatos oficiais como os “potenciais”. Os candidatos potenciais saem da própria estrutura da instituição e, argumenta a delegação brasileira, embora eles comecem a fazer suas campanhas com muita antecedência, e todos os nomes sejam conhecidos pelas delegações dos mais de 150 países que integram a UIT com pelo menos seis meses de antecedência, esses funcionários só formalizam a candidatura a menos de um mês das votações. Para o Brasil, o ideal seria que todos os candidatos passassem pelas audiências prévias.


Fonte: TeleSíntese



Voltar